Gazeta do Ceará

Compartilhe:

Notícias

Ceará, Polícia

Beneficiário do INSS confessa estupro de 11 crianças em Banabuiú; Polícia evita linchamento de suspeito

A Polícia Civil está investigando uma série de crimes de abuso sexual atribuídos a um beneficiário do INSS de 33 anos de idade. De acordo com os levantamentos preliminares, realizados pela equipe coordenada pelo delegado Marcos Renato Magalhães, da Delegacia Regional da Polícia Civil – Quixadá, os abusos ocorreram nos últimos dois meses na cidade de Banabuiú, no Centro do Estado.

O delegado Marcos Renato Magalhães, da Delegacia Regional da Polícia Civil em Quixadá está à frente das investigações sobre os estupros em Banabuiú. Foto > Gazeta do Ceará

Os casos foram descobertos a partir de denúncias chegadas os conselheiros tutelares de Banabuiú. As vítimas são seis meninas e cinco meninos, na faixa etária dos 2 aos 13 anos, a maioria parentes do suspeito cujo nome não foi revelado para preservar a sua integridade. Ele só não foi linchado pelos moradores porque a Polícia agiu rapidamente e o escoltou para Quixadá.

Ainda de acordo com fontes da Polícia Civil, na delegacia, o suspeito confessou os abusos sexuais, todavia, somente será possível confirmar se os atos foram consumados após o recebimento dos exames das vítimas. Entretanto, os atos libidinosos foram relatados pelas crianças.

A conselheira tutelar que acompanha o caso informou à Polícia que os abusos sexuais aconteciam dentro do quarto do suspeito. Ele usava um celular com jogos eletrônicos e um aparelho de vídeo game para atrair as crianças. Nove delas tinham algum grau de parentesco com o suposto maníaco.